Técnicos entrarão em greve caso salários atrasem

Em Assembleia realizada na última quinta-feira (23), os Profissionais Técnicos da Educação Superior da Unemat se posicionaram sobre dois assuntos, conforme convocação do presidente, Carlos Roberto dos Santos Junior.

A categoria deliberou sobre atrasos salariais e greve, além de ajuizamento de ação indenizatória coletiva em decorrência dos atrasos salariais já ocorridos.

Antes da votação, conforme a convocação, foi discutida a situação entre os pares, com informes sobre a atual situação, sobre os atrasos que ocorreram e trouxeram sérios transtornos e desconforto aos servidores, e discutidas ações futuras por parte da categoria.

Em relação à primeira decisão, referente aos atrasos salariais e greve, 86% da categoria deliberou por decretar estado de greve e paralisar as atividades, a partir do dia 11/12, caso todos os servidores não recebam seus salários até o dia 10, conforme determina a Constituição do Estado.

Quanto ao ajuizamento de ação indenizatória coletiva, 80% dos presentes na Assembleia Geral Extraordinária se manifestaram favoráveis à que a categoria ajuíze ação indenizatória coletiva devido aos atrasos ocorridos nos últimos dois meses, que chegou a mais de doze dias neste mês de Novembro, para alguns servidores.

A Diretoria do Sindicato tomará as providências para efetivar as decisões tomadas pela categoria nesta Assembleia.

 

 


Imprimir   Email