Reunidos em Assembléia Geral Extraordinária no final da tarde da última terça-feira (26), os Técnicos Administrativos da Educação Superior rejeitaram, pela maioria, a proposta do Governo Estadual de efetuar o pagamento da Recomposição Geral Anual – RGA de forma parcelada.

O Governo havia proposto aos servidores efetuar o pagamento da RGA de forma parcelada, com metade na folha de maio e outra metade na folha de novembro de 2015, com diferenças geradas neste período quitadas em janeiro de 2016.

A Assembléia foi realizada em todas as seccionais do SINTESMAT, localizadas nos locais de trabalho da Universidade.

Consultados também sobre o indicativo de greve, os servidores deliberaram em votação apertada, com 128 votos favoráveis e 140 contrários, pela rejeição à greve.

Algumas seccionais, diante do posicionamento da categoria, indicaram que a Diretoria do SINTESMAT deve continuar a negociação com o Governo.

Estava em pauta também a suspensão de viagens intermunicipais e interestaduais até o reajuste dos valores de diárias. Sobre este ponto, os servidores concordaram com os valores propostos pelo Governo (R$ 160,00 em junho deste ano e R$ 180 em janeiro de 2016) e rejeitaram indicativo de suspensão das viagens.

0
0
0
s2sdefault