Foto: Ronaldo Mazza-ALMT

O Presidente do Sintesmat participou nesta quarta-feira (02-12) da audiência Publica convocada pelo Deputado Sebastião Rezende para discutir a situação orçamentária da Unemat e a abertura de campus em Rondonópolis e Cuiabá.

Na audiência a Reitora Ana Di Renzo fez uma explanação sobre o histórico da Unemat, bem como a atual situação orçamentária e financeira da instituição, deixando bem claro que na atual condição é improvável a implantação das novas unidades, ressaltando ainda que a comunidade acadêmica cobra melhorias na infraestrutura já existente.

 O Deputado Sebastião Rezende declarou-se frustrado com a impossibilidade de implantação dos Campus de Rondonópolis e Cuiabá a curto prazo, ressaltando que nas discussões para a aprovação da PEC 66/2013, havia-se levantado essa possibilidade, destacando que as populações desta duas cidades anseiam muito pela presença da Unemat em seus territórios.

 O Presidente do Sintesmat, Luiz Wanderlei, fez o uso da palavra e declarou que como servidor da instituição, sente-se honrado em ouvir que praticamente todos os municípios do Estado querem a presença física da Universidade, isso demonstra a importância da instituição para o Estado na formação da sua população.

 Luiz Wanderlei aproveitou a oportunidade para ressaltar a importância dos Técnicos Administrativos para o bom desenvolvimento das atividades da Unemat, lembrando que embora de 2010 a 2014, a universidade dobrou o orçamento e o numero de alunos, o quadro técnico permanece praticamente o mesmo. Aproveitou a oportunidade para cobrar dos deputados que auxiliem o sindicato para a aprovação de um novo concurso com urgência, pois temos insuficiência de servidores em vários campus da universidade, destacando que, se os campus de Cuiabá e Rondonópolis fossem criados hoje, não teriam servidores disponíveis para atender as unidades.

 Ao final da audiência publica, o Deputado Zé Carlos do Patio propôs a criação de uma Frente Parlamentar pela Unemat, para buscar solucionar os problemas enfrentados pela instituição, possibilitando que possa expandir ainda mais sua atuação implantando os campus de Cuiabá e Rondonópolis.

 Foto: Ronaldo Mazza-ALMT

0
0
0
s2sdefault