Imprimir
Acessos: 997

 

O SINTESMAT se reuniu com os demais sindicalistas do fórum sindical na manhã da última quarta-feira feira (13) na sede do SINTAP-MT em Cuiabá.


A reunião era preparatória, para uma reunião agendada com equipe governamental para o período da tarde, na Secretaria de Planejamento – SEPLAN, em que seriam apresentados os números da situação econômica do Estado, a pedido do fórum sindical.

 

Os sindicalistas foram surpreendidos, porém, com uma entrevista concedida pelo governador Pedro Taques a uma emissora de TV estadual, realizada ao vivo, na manhã da quarta-feira. Em dado momento de sua participação, o governador anunciou o cancelamento da reunião com o fórum sindical.

 

O fato de ficar sabendo do cancelamento da reunião pela TV foi recebido pelos sindicalistas como um sinal de desrespeito por parte do governo, em relação aos representantes sindicais. Enquanto o assunto era debatido na reunião do fórum, os sindicalistas foram surpreendidos novamente, desta vez com um pedido do secretário de estado de gestão Júlio Modesto para vir à reunião do fórum sindical, e explicar o cancelamento.

 

O secretário Júlio Modesto compareceu ao SINTAP-MT, e foi recebido pelos sindicalistas. Escolhido para expressar ao governo o descontentamento generalizado dos demais colegas, Luiz Wanderlei externou ao secretário o sentimento do fórum sindical. O secretário porém, alegou que o cancelamento se deu devido ao secretário de fazenda do estado não poder participar nesta data, e devido ao fato do governo entender a sua participação como essencial, foi necessário agendar outra data. Além disso, o secretário pediu a compreensão dos sindicalistas, alegando que os avisaria na manhã de quarta, porém o governador optou por fazê-lo através da imprensa. Assegurou também, que os números serão apresentados na próxima reunião, dia 19/01, e que uma próxima reunião, após essa data, será realizada para finalizar o debate sobre as possíveis alterações. Na ocasião, Luiz Wanderlei voltou a defender, de forma veemente, a posição dos sindicatos reunidos através do fórum, que é a manutenção do pagamento na forma como está, além do pagamento do RGA de 2016 de forma integral. Sobre a solicitação de uma nova reunião após o dia 19/01, os sindicalistas solicitaram cinco dias úteis de intervalo entre eles, para que as bases apreciem a proposta do governo.

 

Após a presença do secretário, os sindicalistas continuaram debatendo a situação, além de concederem entrevistas à mídia da capital, com o interlocutor escolhido (Luiz Wanderlei) falando com veículos televisivos e sites.

 

Ao final da reunião, os sindicatos reunidos no fórum, tomaram a decisão de realizar consultas às suas bases, após a apresentação das propostas do governo no próximo dia 19/01. Decidiram também, realizar um manifesto conjunto, em defesa dos servidores públicos e contra as mudanças propostas pelo governo, a ser realizado no próximo dia 25/01, na Praça das Bandeiras em Cuiabá, as 14 horas.

 

 

Pelo SINTESMAT, estiveram presentes Luiz Wanderlei e Eder C. Salomão, presidente e coordenador de comunicação sindical, respectivamente.

 

 

 

0
0
0
s2sdefault