Assembleia Legislativa defende repasses automáticos para Unemat

Foto: Assessoria
O presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso, deputado José Riva defendeu em plenário a aprovação da emenda constitucional que garantirá 2,5% da receita corrente líquida do Estado para a Unemat até 2017. A defesa foi feita na sessão desta quinta-feira (07) e segundo o deputado a maioria dos parlamentares é favorável a aprovação da medida.

“A emenda constitucional que está sendo avaliada pela Casa de Leis permite mais avanços para a instituição. Representa não a independência, mas a garantia da Unemat poder se planejar a médio e longo prazo, não precisando ficar de ‘pires na mão’ pedindo socorro para aprovar um orçamento. Nesse ano, o orçamento da universidade será de R$ 205 milhões, o que é suficiente para garantir a implantação dos Campi”, informou o presidente da Assembleia Legislativa.

O discurso do presidente da Asembleia em defesa do orçamento da Unemat também enalteceu a iniciativa do Conselho Universitário (Consuni) de aprovar a implantação de novos campi nos municípios de Nova Mutum e Diamantino, o que só se realizará com a aprovação da garantia orçamentária.

O reitor da Unemat, professor Adriano Silva, lembra que sem a aprovação da emenda constitucional que vai garantir os repasses automáticos para a instituição não é possível pensar em expansão da oferta do ensino superior.

“Nós só podemos pensar em planejar e expandir a oferta de cursos e campi se tivermos a garantia de recursos, pois a Unemat tem a responsabilidade de prestar um serviço de qualidade para a população. A aprovação desta emenda constitucional vai assegurar essa autonomia e permitirá que o Estado avance na oferta de cursos com qualidade, pois só com orçamento poderemos fazer novos investimentos em estrutura física, laboratorial e realizar concurso público para técnicos e professores para dar conta de atender a demanda”, explica o reitor.

Adriano Silva destaca que a sinalização da Assembleia Legislativa em aprovar a emenda constitucional traz uma tranqüilidade para a instituição, pois demonstra o compromisso dos deputados estaduais com a população de Mato Grosso e com a oferta do ensino superior público e de qualidade.

Com informações da Assessoria da Presidência da Assembleia Legislativa.
 
0
0
0
s2sdefault