Milhares de servidores estiveram presentes nesta terça-feira (10), na Praça das Bandeiras manifestando sua contrariedade a posição do Governo Estadual em não recompor os salários do funcionalismo do executivo estadual.

Organizado pelo Fórum Sindical, que congrega mais de 25 sindicatos e associações, a manifestação e também a marcha até a Assembleia Legislativa contou com a presença de milhares de servidores (estimados pela organização em mais de oito mil pessoas), oriundos de quase todos os órgãos e entidades do poder executivo estadual, além da participação de servidores da iniciativa privada, representados pelo SINDIMED. Fizeram-se presentes também, a Central dos Sindicatos Brasileiros – CSB e a Federação Sindical dos Servidores Públicos de Mato Grosso – FESSP/MT.

A insatisfação era generalizada entre os presentes com a decisão do Governador Pedro Taques, externada na última sexta-feira (06), em não recompor as perdas inflacionarias do ano anterior nos vencimentos do funcionalismo, implicando assim numa redução de vencimentos da ordem de 11,28%, o que é vedado constitucionalmente.

A manifestação e a marcha tiveram grande cobertura da mídia da Capital, que entrevistou sindicalistas e registrou a aglomeração de servidores reunidos para manifestar sua indignação contra a posição do governo.

Ao final do ano na Praça das Bandeiras os servidores marcharam até a Assembleia Legislativa, onde foram recebidos pelos deputados estaduais. O presidente da Assembleia, Guilherme Maluf (PSDB), se dispôs a intermediar uma reunião das lideranças sindicais com o Governador, e buscar apoio à questão da efetivação da recomposição dos vencimentos do funcionalismo.

O SINTESMAT fez-se presente com uma delegação enviada de Cáceres, de ônibus, especialmente para participar da manifestação. Além de diretores do sindicato, estiverem presentes servidores e diretores de seccionais.

O presidente do SINTESMAT, Luiz Wanderlei, avaliou como positiva a participação do SINTESMAT, e como fundamental a manifestação dos servidores, organizada através do Fórum Sindical, para fortalecer o movimento em defesa da manutenção de conquistas obtidas pelos servidores estaduais.

O presidente permanece na Capital, onde se reúne com o Fórum Sindical na data de hoje, e nesta quinta-feira, participará do encontro dos sindicalistas com o Governo Estadual, intermediado pela Assembleia Legislativa.

 

 

Créditos das imagens: Claudinei Lara, Maurício Barros, Carlos Junior, Jeferson Diel, Luiz Wanderlei, Moisés Bandeira.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

0
0
0
s2sdefault