Os servidores técnicos da UNEMAT paralisam suas atividades a partir da manhã desta terça-feira (24), em todos os locais de trabalho da Universidade, incluindo os treze Câmpus, Sede Administrativa e locais onde há servidores técnicos lotados.

 

A paralisação foi definida pela direção do SINTESMAT e comunicada à reitoria na última semana, e se estenderá aos dias 25 e 30/05.

 

Os servidores realizarão reuniões em seus locais de trabalho, organizarão debates e atividades de mobilização em conjunto com outras categorias.

 

A categoria, que aprovou indicativo de greve no último dia 09/05 por expressiva maioria, realizará também Assembleia Geral Extraordinária nessa quarta-feira (25), às 08h30min para deliberar pela deflagração de greve a partir do dia 31/05, conforme convocação do presidente do SINTESMAT, Luiz Wanderlei.

 

Os servidores estão mobilizados contra o boicote à recomposição da inflação do ano anterior nos vencimentos dos servidores públicos do poder executivo estadual, perpetrado pelo Governo Taques.

 

A recomposição é prevista em lei própria (Lei 8.278/2004), assegurada pela Constituição da República (art. 37 inciso X), Constituição do Estado de Mato Grosso (art. 147) e também pela Lei de Responsabilidade Fiscal (art. 22 inciso I).

 

 O presidente do SINTESMAT, Luiz Wanderlei, reforça a convocação aos servidores para se manterem mobilizados e unidos na luta contra o boicote ao RGA imposto aos servidores pelo Governador Pedro Taques.

0
0
0
s2sdefault