Imprimir
Acessos: 202
Convocados pelo presidente do Sintesmat, na última sexta-feira (14/12), os servidores técnicos da Universidade rejeitaram, em Assembleia Geral nesta terça-feira, a proposta de paralisar as atividades da categoria enquanto perdurar o atraso salarial que atinge os servidores públicos estaduais.

A Assembleia ocorreu em todas as Seccionais do sindicato, localizadas nos locais de trabalho da Universidade, na tarde desta terça-feira (18).

Dos presentes, aproximadamente 57% se manifestaram por não paralisar as atividades neste momento em decorrência do atraso salarial, 29% se manifestaram por paralisar, sendo que os demais se abstiveram ou não votaram.

Os resultados individualizados seguem abaixo:



Cerca de trinta e oito minutos após o início das Assembleias nos Campi, enquanto elas ainda ocorriam, a SEFAZ publicou nota afirmando que os pagamentos dos servidores que ainda não haviam recebido seriam depositados nos dois dias seguintes (quarta e quinta-feira).
0
0
0
s2sdefault