Em Assembleia Geral da categoria, realizada na última quinta-feira (9) nas Seccionais do Sintesmat localizadas nos Campus da Universidade, os Profissionais Técnicos da Educação Superior decidiram por ampla maioria pela adesão à paralisação nacional em defesa da Educação Pública, nesta quarta-feira (15).

A Assembleia da categoria foi convocada pelo presidente em exercício, Jeferson Odair Diel, na última quarta-feira (8).

Na Assembleia os servidores também foram informados sobre os assuntos tratados na última reunião do Fórum Sindical com o Governador Mauro Mendes, ocorrida no dia 02 de Maio, em Cuiabá. Dentre eles, questões relacionadas ao parcelamento dos salários, pagamento do 13º salário, a RGA de 2018 que não foi paga pelo Governo, e também a RGA de 2019, cuja data-base para pagamento é o mês maio do corrente ano, e que não houve sinalização do Governo para pagamento da recomposição dos salários dos servidores.

Questionados sobre a paralisação e ato dia 15/5 em defesa da Educação Pública, cerca de 92% dos presentes na Assembleia Geral se manifestaram favoravelmente à adesão. Aproximadamente 1% se manifestou de forma contrária, sendo registrado ainda que aproximadamente 7% dos servidores se abstiveram. Os resultados detalhados podem ser conferidos no quadro abaixo.



A reitoria da Universidade foi comunicada do resultado da Assembleia na manhã desta segunda-feira (13), porque na última sexta-feira o expediente administrativo na reitoria foi suspenso nos três períodos em decorrência de serviço de dedetização naquela unidade.


0
0
0
s2sdefault